Postulado 3 – Encontre a Felicidade

Caminho da Felicidade

Passamos boa parte do nosso tempo tentando ser feliz. Muitos de nós chegamos a acreditar que a felicidade consiste em uma vida perfeita sem nenhum tipo de problema, e em nossa busca pela felicidade, acabamos encontrando mais problemas. Isso pode nos ter levado a imaginar que era impossível ser feliz.

Dentre os problemas que surgiram ao longo desta jornada podemos citar alguns exemplos:

  • Problemas de relacionamento com seu chefe ou com colegas de trabalho,
  • Problemas financeiros,
  • Problemas no relacionamento com o cônjuge,
  • Problemas no relacionamento com os filhos,
  • Surgimento de uma doença em você ou na família,
  • Perda de um emprego,
  • Perda de um ente querido,

O surgimento de tantos problemas foi contribuindo cada vez mais para aumentar o nosso sofrimento o que muitas vezes nos levou a duvidar que era possível ser feliz, até que chagamos num ponto em que resolvemos procurar alguma ajuda como por exemplo:

  • Auxílio espiritual em uma religião ou filosofia,
  • Ajuda médica, no caso de uma doença grave,
  • Ajuda psicológica ou psiquiátrica,
  • Ajuda alternativa em algum tipo de terapia.

Todas as formas de ajuda citadas acima são muito importantes e muito válidas para uma vida saudável e feliz, porém muitas vezes, mesmo procurando algum tipo de ajuda, ou todas elas, muitos de nós não conseguimos experimentar uma melhora, ou se experimentamos alguma melhora ela foi apenas temporária.

Nesta situação, muitas pessoas começam a desistir de suas vidas e começam a tentar destruí-la de alguma forma, seja de forma consciente ou inconsciente.

Quando chegamos neste ponto, podemos dizer que estamos realmente no fundo de poço. Porém para sair desta situação é necessário compreender a verdadeira causa de nossos problemas.

Descobrimos que para ser feliz, é necessário querer e entender o que é ser feliz.

Mas como assim? Imagino que agora você esteja se sentindo confuso com esta afirmação. Sim isto é confuso. As vezes não queremos ser felizes, ou se queremos, não compreendemos o que é ser feliz.

Em nossa busca pela felicidade, achávamos que a encontraríamos fora de nós, quando na verdade a felicidade está dentro de nós. Somente quando compreendemos esta verdade é que podemos dizer que damos o primeiro passo para a felicidade.

Durante toda nossa vida procuramos a felicidade fora de nós, sendo que na verdade, ela estava dentro de nós. Para encontrar a felicidade é preciso fazer uma viagem para dentro de si mesmo e se conhecer. Um sábio da antiguidade já dizia: “Conhece-te a ti mesmo”.

Segundo Platão, Sócrates esteve presente no Templo de Apolo em Delfos, onde o oráculo afirmou que ele era o homem mais sábio que existia. No entanto, a resposta de Sócrates foi a aquela que é provavelmente a sua frase mais conhecida: “Só sei que nada sei”.

Sócrates dedicou muito tempo de sua vida para tentar entender a sua própria natureza. Afirmou que nenhum indivíduo era capaz de praticar o mal conscientemente e propositadamente, mas que o mal era um resultado da ignorância e falta de autoconhecimento.

Assim como o mal, a infelicidade ou o fracasso de uma pessoa, são o resultado da ausência do auto conhecimento. Você quer ser feliz? Conhece-te a ti mesmo.